Formação do Preço de Venda da Pizza


Formação do Preço de Venda da Pizza

Para a formação do preço de venda de pizza de quatro queijos, o pizzaiolo precisa considerar os custos envolvidos em todo o processo de produção, assim como os custos para a manutenção da pizzaria.

Inicialmente, o pizzaiolo anotou todos os custos envolvidos para a produção da massa: farinha de trigo, leite, óleo, açúcar, sal e ovos.  Como os ingredientes para a produção de 90 massas grandes totalizam um custo de R$ 70,00, o custo unitário da massa grande é de R$ 0,77 (70,00/90 = 0,77).

Sabendo o valor unitário da massa grande, o pizzaiolo partiu para o cálculo do recheio da pizza: molho de tomate, orégano, queijo mussarela, queijo parmesão, queijo catupiry e queijo cheddar. Para a produção, o pizzaiolo precisou verificar quantas gramas utiliza em cada unidade para chegar ao custo unitário de R$ 12,50 com recheios, somando ao custo unitário da massa, chegamos ao custo de R$ 13,27 (12,50 +0,77).

Logo, para a produção de cada pizza de quatro queijos, o pizzaiolo possui um custo de 13,27 com ingredientes.

Além do custo unitário com os produtos, deve-se considerar também os custos fixos mensais da pizzaria (luz, aluguel, internet, salários). Neste caso fictício, se a empresa possui um custo fixo de R$ 15.000 e produz uma média de 1.000 pizzas ao mês, o custo fixo por pizza será de R$ 15,00.

Agora temos o valor dos custos variáveis de produção R$ 13,27 mais os custos fixos R$ 15,00, totalizando um custo total de R$ 28,27 por cada pizza grande de quatro queijos.

Ufa! Não é tão simples calcular um preço de venda, não é mesmo?

Mas ainda não acabou! Pois toda a empresa paga impostos e precisa definir uma margem de lucro para o seu negócio. Neste casso, vamos considerar 6% de imposto e 30% de lucro, totalizando 36%. Esses percentuais serão aplicados no cálculo do mark-up.

Você aplica a fórmula para encontrar o índice multiplicador:

100 / 100 – (36) =

100 / 100 – 36 =

100 / 64 = 1,562

 

Para obter o preço final, basta multiplicar R$ 28,27 por 1,562, que resulta em R$ 44,15.

 

Ao vender a pizza de quatro queijos por R$ 44,15, a pizzaria paga seus custos de produção, seus custos fixos, os impostos e ainda possui um lucro de 30% sobre cada unidade produzida.

 

Esse foi um exemplo fictício para simplificar seu entendimento sobre o preço de venda, sendo que no dia a dia das empresas temos várias situações a serem consideradas para o preço final, o que pode variar para cada modelo de negócio. Por exemplo, temos taxas de cartões, taxas de entrega, também poderíamos calcular pelo tempo produtivo, entre outros custos relevantes que fazem toda a diferença. Então cada negócio tem sua particularidade a ser analisada, assim como os preços praticados pelo mercado. O que podemos afirmar é que conhecer todos os custos envolvidos no negócio para aplicar o mark-up correto pode fazer toda a diferença para o sucesso da empresa.

 

Este conteúdo , é trabalhado dentro da disciplina de Gestão de Custos e Formação do Preço de Venda. A disciplina compõe a grade curricular dos Cursos Técnicos do Eixo Gestão e Negócios: Administração, Contabilidade e Vendas e é ministrada pela Professora Bianca Carvalho.

Compartilhe este artigo:

× Como posso te ajudar?